• 24/01/2022

Proposta comercial de vendas: 8 dicas para fazer com que mais clientes fechem negócio com você

O que uma proposta comercial de vendas precisa ter? Muitos vendedores ainda têm dúvidas sobre como elaborar esse documento essencial para a conclusão de uma venda. A empresa pode até contar …

10 palavras de persuasão de vendas: saiba o que dizer aos seus clientes para conseguir fechar mais vendas

Uma única palavra pode ser determinante para o cliente decidir fechar negócio com você ou desistir da compra. Na hora de elaborar o seu discurso de vendas, é muito importante saber …

Como dividir as contas do casal? Três histórias inspiradoras

Primeiramente, felicidades para o casal! Estamos muito contentes pela iniciativa de vocês juntarem as escovas de dente e morarem juntos. Mas, como bem sabemos, unir duas pessoas embaixo do mesmo teto …

Você já ouviu falar dos semicondutores? Bem, a verdade é que esse não é um nome tão comum assim, então vamos ver a importância dos semicondutores. 

Quando falamos disso devemos remeter as nossas aulas de física em que descobrimos o mundo dos condutores, sejam elétricos ou de temperatura. Se você se lembra disso já está a um passo de entender importância dos semi condutores.

Esses materiais representam uma versão menos “agressiva” aos condutores comuns. Geralmente são utilizados em larga escala em certas indústrias que visam conseguir resultados diferentes e controlados.

Porém, será que eles são realmente tão importantes assim? O que os torna especiais, portanto?

Vamos ver alguns pontos importantes relacionados a isso e porque há tantas informações com relação a esses materiais. 

Mas antes de tudo devemos conhecer mais ele e ver algumas características deles, assim ficará muito mais fácil saber o que é possível fazer com ele.

O que são exatamente os semicondutores?

Eles conseguem conduzir corrente elétricas, geralmente são matérias primas para a produção de diversos chips, seja para aparelhos eletrônicos e até mesmo para celulares! 

No entanto, sua aplicação durante os últimos anos cresceu ainda mais. A utilização nos veículos é algo que deve ser considerado para o futuro, alguns carros podem possuir até mesmo 300 chips. 

Esse fator pode fazer o mercado crescer ainda mais, principalmente com a utilização dos veículos elétricos.

A tecnologia 5G parece crescer com isso também. A necessidade dos semicondutores é algo extremamente fácil de entender por suas aplicações. 

A evolução da rede pode necessitar de muitos sensores e, pelo que foi visto aqui, já deve saber qual será a matéria prima deles.

Como essa produção de semicondutores pode atrapalhar

Bem, a verdade é que esses materiais passaram por certos momentos de crise. O uso da eletricidade já é algo tão comum em nosso dia a dia que é quase impossível desconsiderar os processos. 

Essa passagem de correntes elétricas dos semicondutores deve ser o assunto mais importante para ser discutido.

Geralmente feitos de silício e germânico, dois elementos que são produzidos a partir da mineração, são extremamente diferentes de um condutor ou de um isolante elétrico. 

Se diz que ele é um material que consegue lidar muito bem com os dois lados, por esse motivo recebe esse nome. Ele acaba sendo um intermediário na condução elétrica.

Como atualmente a indústria automobilística entrou no mercado da produção de chips, vale a pena entender melhor os problemas que a falta de semicondutores podem causar a partir delas.

Sem semicondutores, sem automóvel?

A falta dos chips pode impactar diretamente na produção de automóveis. A indústria automobilística, na verdade, está sofrendo com isso.

Com a pandemia os problemas se mostraram ainda mais aparentes. Não é possível desconsiderar isso em uma perspectiva global. 

Com esses problemas várias fábricas foram fechadas e a produção de automóveis diminuiu bastante. 

Esse ponto geral tem outros grandes problemas. Sem produção, sem compra de material. 

Os semicondutores passaram a não ser comprados por diversas empresas! No entanto, nem tudo saiu fora dos trilhos.

Com o aumento do trabalho Home Office, os aparelhos eletrônicos se tornaram mais comuns. 

A compra deles fizeram com que o mercado se mantivesse um pouco mais firme. Os computadores e celulares conseguiram suportar esse peso.

Porém, deve-se lembrar que um carro moderno consegue levar em sua composição cerca de 1100 semicondutores, sendo assim a produção de veículos deve voltar logo para que a produção mundial dos materiais não seja ainda mais impactada. 

Materiais para os semicondutores

Segundo elemento mais abundante em todo o mundo, perdendo apenas para o oxigênio, o silício está sofrendo com algo que não é carência de produção. 

Mas como um produto com tanta disponibilidade pode ser tão disputado no mundo?

Acontece que a produção de semicondutores é algo mais extenso do que algumas pessoas pensam. Há muitos processos que podem sofrer influência deles. 

Como são poucas empresas produzindo os semicondutores, fica complicado o vender a um preço baixo. 

E claro, devemos considerar que o cenário do último ano foi completamente desproporcional para a produção de diversos materiais. 

A pandemia, falta de algo em alguns locais (os semicondutores precisam de água para serem criados) e até mesmo a paralisação de algumas fábricas fazem com que o produto fique mais caro.

Em resumo

Sem esses itens que são tão importantes na tecnologia teríamos muitos problemas. A utilização deles facilita o dia a dia de muitos e para alguns já é uma forma de trabalho. 

Não vai acontecer desse material sumir do dia para a noite, já que existe muita matéria prima, mas essas pequenas crises podem gerar grandes problemas para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Os semicondutores adquiriram uma importância considerável em nossa sociedade. São a base de todos os componentes eletrônicos e optoeletrônicos que vão para computadores, televisão, automotivo e eletrodomésticos, etc. 

Semicondutores são corpos sólidos cuja condutividade elétrica é entre a dos metais e a dos isoladores. A condutividade elétrica dos sólidos é uma propriedade que se deve à presença de elétrons livres para se mover no meio e, assim, gerar uma corrente elétrica. 

O estudo de corpos puros e bem cristalizados mostra que os cristais se separam em duas grandes famílias nas proximidades do zero absoluto (- 273 0C: metais eletricamente condutores. 

Alguns isoladores tornam-se condutores a temperaturas mais altas, especialmente se contêm impurezas, defeitos cristalinos ou defeitos de estequiometria (desvio da composição química nominal); eles são, por definição, semicondutores. 

A importância dos semicondutores deve-se à descoberta do efeito transistor nesses corpos, que revolucionou a indústria de componentes eletrônicos, e suas propriedades ópticas para fabricar emissores leves e lasers. 

As principais qualidades desses componentes são sua confiabilidade (sua vida útil é praticamente infinita) e seu baixo consumo, que permitem a integração de muitos componentes em pequenos volumes. 

De toda forma, muitos países ainda produzem. É claro, a questão da oferta e da demanda sempre se encontra em primeiro plano.
Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o site Click Petróleo e Gás, um site especializado em notícias diárias para te manter informado sobre o que ocorre no mundo da tecnologia, mineração, energia, etc